Resenha: Simplesmente acontece

image

“O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.”

O titulo original se chama onde terminam os arco-iris e o filme inspirado no livro na versão inglesa chama-se Love, Rosie e na versão brasileira Simplesmente Acontece.

Eu nunca tinha visto um livro que era só por cartas, emails e mensagens, porém quando vi amei essa ideia que deixou a leitura mais legal.

Para mim o livro tem uma temática boa, e apesar de parecer clichê não é. Eu recomendo que todos leiam esse livro pois ele tem uma leitura super fácil que prende e não prende você ao mesmo tempo, além de ser engraçado como qualquer outro livro.

Em relação ao filme eu não tenho nada a declarar pois eu ainda não o vi, mas se você também não viu, acho que ficaria melhor você ler o livro antes. Pois eu amo comparar as adaptações dos livros ao filme.

Se você já leu, conte-me mais a sua opinião, qual cena que mais gostou?

Anúncios

App: Wattpad

image

Ultimamente eu andei sumida e sem tempo para o blog, porém o feriado chegou e eu aproveitei para contar as novidades que eu encontrei enquanto estava fora. Uma delas foi o aplicativo Wattpad, que simplesmente virou o meu xodó.

Ele é um aplicativo de leitura grátis de livros e fanfic’s, que dá para ler seus livros favoritos e descobrir também fanfic’s bem criativas, também dá para você postar a sua própria criação. Ou seja, eu simplesmente amei, como todos já sabem, eu sou uma leitora compulsiva e pobre (que ama viajar no mundo da leitura, mas não tem dinheiro para comprar todo os livros que quer), por isso se você também é assim vai amar esse aplicativo.

Fácil de mexer e em nossa língua o aplicativo nos permite viajar no mundo da imaginação e conhecer autores fantásticos que nunca tiveram a oportunidade de mostrar o seu talento ao mundo, além de conhecer novas culturas, lógico.

Se você se interessou, e baixou o aplicativo, dá uma passadinha no meu perfil e me segue, meu user é @aquamarosada , lá eu tenho listas de leituras que você provavelmente irá gostar.

Resenha: After

image

Hey pessoas, vocês devem estar querendo me matar e com razão! Eu simplesmente peço desculpa por não ter postado nos ultimos 3 meses, mas na realidade não tive como, o computador por onde eu fazia os posts estava quebrado e eu não tinha nenhum outro meio para postar, por isso dessa vez estou perdoada (risos), mas chega de desculpas e vamos falar de mais uma experiência literária minha.

image

Eu sei que estou sempre recomendando os livros que resenho aqui no blog, porém essa situação é diferente, não estou pedindo para vocês lerem, e sim implorando. LEIAM POR FAVOR! Esse livro não é qualquer livro, mas sim a história mais envolvente que ja li.

image

O romance escrito pela Anna Todd (tt:@imaginator1dx) conta a história de Theresa Young, uma garota de 18 anos que vai para falcudade e acaba encontrando Hardin Scott um garoto punk (muito lindo). O que se esperar dessa história realtivamente clichê? Simplesmente tudo, o que é mais envolvente é que você não sabe o que irá acontecer, e é isso que nos deixa mais curiosa.

image

A sensação do Wattpad, tem como história original uma fanfic com Harry Styles, e foi dessa forma em que eu conheci a história, ao todo After tem 3 temporadas + 1 adicional chamado Before (que é exatamente a mesma história, sendo contada na versão de Harry e sua vida antes de Tessa).

image

E aqui vai algumas imagens de como seriam Hardin e Tessa na vida real, representados por Harry Styles e Indiana Evans. E ai? Shippam?

image
image

E se por acaso gostarem tanto do livro quanto eu, vejam esse pequeno video que fizeram a favor de Hessa.

Resenha: Cidades De Papel

Sinopse:

Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

faca-uma-cidade-de-papel-para-brincar-1

Título: Cidades De Papel

Autor: John Green

Editora: Intríseca

02-1-resenha-de-livro-cidades-de-papel

Quentin Jacobsen ou Q como é apelidado carinhosamente pelas pessoas mais próximas, tem uma paixão platônica por Margo, sua vizinha e colega de escola, que é totalmente o inverso da personalidade dele. Um dia ela bate em sua janela e o chama para fazer “coisas ilegais” (que sinceramente algumas são) e passam a noite se vingando das pessoas que estavam em sua “lista negra”, até que no dia seguinte Margo some e deixa algumas pistas para ele, que corre contra o tempo em uma viagem com os seus amigos.

images

Na minha opinião o livro em si é bom, mas John me decepcionou feio no final. Digo, eu comprei o livro pela revista Avon, e me decepcionei logo de cara, pois não encontrei as orelhas (marcadores de páginas), pois é, eu tinha comprado uma versão econômica e nem sabia. Mas logo me recuperei e fui ler o livro, me apaixonei pelo livro e li em um dia, e tive a pior frustração literária da minha vida, o final foi simplesmente horrível, mas não porque o conteúdo foi ruim, mas sim porque faltou conteúdo, ele me fez criar perguntas, e ele não as respondeu.

Sim pessoas! John Green me iludiu! (sério isso produção?), até pensei por alguns instantes na possibilidade de ser culpa da versão econômica e a Avon ter economizado demais, mas depois me conformei.

cidades-de-papel-DESTAQ-922x620

Desculpe a minha opinião critica e o desabafo de uma leitora frustrada, mas espero que tenham gostado da resenha, até o próximo post!